08/09/11

S. Martinho de Tibães I





~ 19 comentários: ~

Mª Angeles y Jose says:
at: 08 setembro, 2011 23:08 disse...

la primera foto es preciosa, esas luces que se cuelan son espectaculares.

besos

Sérgio Aires says:
at: 08 setembro, 2011 23:42 disse...

um daqueles - tantos! - espaços belissímos e abandonados desta espécie de país.

mfc says:
at: 09 setembro, 2011 10:04 disse...

Tibães é um manancial para um fotógrafo!

Conseguiste um equilíbrio perfeito entre luz e sombra.
Ficou lindo.

Helder Ferreira says:
at: 09 setembro, 2011 10:16 disse...

Muito bem!
Estou a ver que tenho mais um sitio para visitar :)

Gostei principalmente da primeira e da foto dos azulejos.

José Manuel Vilhena says:
at: 09 setembro, 2011 13:07 disse...

...daqueles sítios onde se aprende imenso fechando os olhos, que é uma forma de abri-los de outra maneira...
:)

Rute says:
at: 09 setembro, 2011 13:26 disse...

Gosto muito da 1ª foto, principalmente por causa do jogo de luzes. O local, em si, também é encantador.

Remus says:
at: 09 setembro, 2011 14:17 disse...

Mosteiro de Tibães: Não conheço.
Mas no final desta série (parto do principio que o I, seja a indicação de que é a primeira de muitas) vou ficar a conhecer pelo menos um pouco.
Avaliar por estas fotografias. A coisa promete!

lifeontheviewfinder says:
at: 09 setembro, 2011 14:23 disse...

Olha aqui estão uma série de pormenores interessantes para abrir o apetite. Gosto mais da segunda pela composição e porque é algo raro ver em portugal esse tipo de estrutura em madeira à vista.

Laura Rivera says:
at: 09 setembro, 2011 14:48 disse...

Me encanta la primera foto! esa luz entrando por las ventanas me gusta mucho! y las otras dos también están muy buenas, parecen "puzles"!

PP says:
at: 09 setembro, 2011 21:34 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
PP says:
at: 09 setembro, 2011 21:37 disse...

uma perspectiva interessante de uma espaço bonito com uma luz muito boa. gosto.

Francisco Oliveira says:
at: 09 setembro, 2011 23:49 disse...

Nunca encontrei interiores melhores para fotografar do que no Mosteiro de Tibães. Tem recantos com uma luz de sonho.
As suas fotos demonstram-no.

Randy says:
at: 10 setembro, 2011 02:05 disse...

Beautiful photographs!

Ángel says:
at: 10 setembro, 2011 18:24 disse...

El procesado es tan delicado y bien medido, con un color equilibrado donde se aprecia el ambiente y las texturas.
Dos grandes fotos amigo
Un abrazo

Armindo C. Alves says:
at: 10 setembro, 2011 21:06 disse...

Controlo de luz eficiente, nitidez assinalável, nos três casos, com excelente enquadramento.
Visualmente muito agradável.

Abraço.

Agradeço as visitas no meu período de férias, depois prolongado por motivos familiares.
Obrigado.

▒▓█► JOTA ENE says:
at: 10 setembro, 2011 21:22 disse...

ººº
Acima de tudo realço as excelentes cores

the dear Zé says:
at: 12 setembro, 2011 19:58 disse...

mantas de retalhos neste país tão retalhado...

Nuno Sousa says:
at: 14 setembro, 2011 18:49 disse...

experimenta uma grande angular. Acho que iria ampliar o teu talento.

Danilo Luchesi says:
at: 17 setembro, 2011 21:52 disse...

A primeira foto é simplesmente fantástica! Que exposição perfeita e que sensibilidade para captar de um ângulo tão belo!

~ Enviar um comentário ~

+

Disto e Daquilo + popular do mês

Estes e Aqueles

Destes e Daqueles

Caixa de Arquivo

Siga por e-mail

Estes Que Gostam Disto

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.