27/06/09

Bernie DeChant



Para muitos de nós (ou só alguns) esta é uma época de férias e para quem está a pensar atravessar o Atlântico e descansar alguns dias no Brasil, poderá passar por Curitiba e visitar a exposição “Brasil, além Brasil”, que está patente no Museu Oscar Niemeyer, até ao dia 7 de Fevereiro de 2010, do fotógrafo norte-americano Bernie DeChant que faz das suas fotografias obras de arte, com títulos sugestivos. Nalgumas narra factos, que estão à disposição de todos, mas que só o olhar atento do fotógrafo consegue destacar. Noutras, cria imagens que parecem cenas em quadros pintados, com plástica de fotografia de cinema. Faz poesia sem utilizar uma só palavra.

Na selecção feita pelo curador Andy Patrick, uma das características da obra de DeChant que chama a atenção do observador são os grafismos, que obtém através do corte do objecto escolhido, do ângulo e da luz. Com formação em design gráfico, DeChant transporta todo esse conhecimento para as suas imagens; por vezes coloridas, noutras a preto e branco, mas sempre em permanente diálogo uma com a outra.

Desde os 9 anos, impressionado pela obra de Oscar Niemeyer, na criação de Brasília, sobre a qual dizia “essa é a cidade do futuro”, o fotógrafo traduziu a modernidade do arquitecto brasileiro nas obras “Desembaraço” e “Alinhamento”. Na primeira, mostra a fachada de um dos prédios da capital federal reflectida no espelho de água, a formar a mesma concepção quadriculada da fachada. Em “Alinhamento” utiliza recurso semelhante para mostrar um novo ângulo de outra fachada de um prédio, assim como na obra “Centro”, que destaca o quadrado perfeito do cruzamento de uma avenida da Califórnia, vista do alto.

Exactamente a temática que inspira e serve como um dos focos da obra do fotógrafo: as cidades do mundo, suas formas, corem, ritmos e, especialmente, a geometria apanhada em recortes urbanos. Não importa em que país esteja, Bernie encontra, nas cidades do mundo, similaridades e complementos. Nas suas cenas reúne a arte, a arquitectura e o design. Entre as imagens incluídas nesta exposição está, por exemplo, a promessa futurista de Brasília em contraste com a Tóquio colorida, moderna, universal e cosmopolita; a China milenar e o exótico Marrocos; e a Lisboa de prédios altos. Como num “raio x” dos lugares por onde passa, nas suas viagens pelo mundo, o olhar de fotógrafo estrangeiro registra o ambiente, os costumes e a rotina das cidades.

Os contrastes e as semelhanças estéticas na arquitectura é um dos três núcleos que divide a exposição. As formas abstractas e as formas humanas conceituam os outros dois segmentos nos quais DeChant trabalha nesta exposição. Atento ao Brasil, o fotógrafo traduziu a favela carioca da Rocinha na sugestiva obra “Ninho de Dados”, a grande obra abstracta da mostra. “Ninho de Dados” nada mais é do que um emaranhado encontro de fios na cabeceira de um poste da Rocinha. A favela também ganha destaque em “Craca de Rochedos”, em diálogo com “Blocos Construtivos”, foto do Pelourinho (Salvador), nas quais o fotógrafo mostra as conjugadas construções pelos morros, parecendo formar um único grande bloco.

Para quem não pode ir ao Brasil, como eu, podem sempre visitar o sítio de Bernie DeChant Aqui.

O sítio do Museu Oscar Niemeyer Aqui.
Foto: Bernie DeChant.

~ 5 comentários: ~

Marco Reis says:
at: 28 junho, 2009 09:47 disse...

Imagem cheia de grafismos, que fala por si!
Abraço

ana barata says:
at: 28 junho, 2009 15:38 disse...

Muito obrigada por estas informações que vais dando por aqui.
São muito úteis.

ana barata says:
at: 28 junho, 2009 15:38 disse...

E obrigada também pelas tuas visitas.

Armindo C. Alves says:
at: 28 junho, 2009 17:19 disse...

Bem estruturado, com artigos bem escritos e informação selectiva, o seu "Disto e Daquilo" é um espaco que visito regularmente com agrado.
Parabéns.
Boa semana.
Abraço.

Caçador says:
at: 29 junho, 2009 01:37 disse...

Cá está ele, o grande divulgador... és o maior. Continua.

~ Enviar um comentário ~

+

Disto e Daquilo + popular do mês

Estes e Aqueles

Destes e Daqueles

Caixa de Arquivo

Siga por e-mail

Estes Que Gostam Disto

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.