06/10/11

Goksin Sipahioglu, 1926-2011





Goksin Sipahioglu, fundador da agência SIPA e considerado um dos grandes nomes do foto-jornalismo, morreu esta quarta-feira aos 84 anos num hospital francês, informou a própria agência de fotografia.

Nascido em 1926 na Turquia, Sipahioglu, cujo sobrenome deu nome à empresa, trabalhou para o jornal Hürriyet antes de fundar, em 1973, em Paris, a sua agência, uma das líderes do sector nos anos 80 e 90.

Segundo a SIPA, ele foi o único fotógrafo ocidental que estava em Havana (Cuba) em Outubro de 1962, durante a crise dos mísseis, o que valeu o reconhecimento internacional e a possibilidade das suas fotografias aparecerem em capas de todo o mundo, principalmente dos Estados Unidos da América.

Em 2001, a revolução digital e o aumento dos custos de produção fizeram-no ceder a agência ao grupo Sud Communication, propriedade do francês Pierre Fabre, que por sua vez a vendeu à agência de imprensa alemã DAPD em Julho de 2011.
Sipahioglu, "um gigante de longos cabelos brancos, que posteriormente apresentou as suas fotografias em todo o mundo, em exposições retrospectivas e temáticas", era também um apaixonado por basquetebol, e fundou a equipa turca Kadiköyspor, que passou a ser, posteriormente, o Efes Pilsen de Istambul.

Sipahioglu havia anunciado o abandono da presidência da SIPA em Novembro de 2003 por um desacordo com o novo proprietário, que mostrou intenção de economizar as despesas e reduzir o espaço da sede parisiense.

Em cima, uma entrevista que Sipahioglu deu à EuroNews há cerca de três anos atrás.

~ 1 comentários: ~

mfc says:
at: 07 outubro, 2011 10:29 disse...

Conhecer melhor a pessoa que está por detrás destes génios da fotografia é importante para conhecer como fotografaram.

~ Enviar um comentário ~

+

Disto e Daquilo + popular do mês

Estes e Aqueles

Destes e Daqueles

Caixa de Arquivo

Siga por e-mail

Estes Que Gostam Disto

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.