14/04/10

Fotografia de Edward Weston atinge 1 milhão de dólares


A fotografia "Nautilus Shell", de Edward Weston, foi vendida esta terça-feira por mais de US$ 1 milhão pela Sotheby's em Nova York, durante um leilão em que também era possível adquirir imagens de alguns dos principais representantes da história da fotografia, como já tinha feito referência anteriormente.

A imagem, vendida por US$ 1.082.500, superou as previsões da casa de leilões, que tinha estimado o preço da obra de Weston (1886-1958) entre US$ 300 e US$ 500 mil.

Segundo a casa de leilões, "Nautilus Shell", que mostra uma reluzente casca de ovo de caracol de mar frente a um fundo totalmente escuro, exemplifica o ápice da carreira de Weston como fotógrafo, e é uma "referência" do modernismo na fotografia do século XX.

O segundo protagonista do dia foi um fotograma de Lászlo Moholy-Nagy (1895-1946), vendido por US$ 290.500 e que faz parte de uma série de fotogramas que o artista húngaro realizou na década de 1920.

A obra foi realizada sem usar uma câmara, pondo os objectos directamente sobre uma folha de papel fotográfico para captar o movimento da composição.

Esta peça singular inclui notas do próprio autor no seu verso sobre como se realizou e sobre a procedência dos objectos.

Outra das obras destacadas na jornada foi uma impressionante imagem tirada pela fotógrafa Margaret Bourke-White (1904-1971), na qual se pode ver uma das gárgulas do edifício Chrysler de Nova York e que superou o preço estimado, estabelecido entre US$ 120 mil e US$ 180 mil.

A fotografia, adquirida por US$ 206.500, tem a assinatura da artista feita com pincel na margem, e foi tirada em 1930 a pedido da companhia Chrysler durante a construção do famoso arranha-céu onde Bourke-White, nascida no Bronx, abriu o seu estúdio após abandonar Cleveland (Ohio).

A artista, conhecida por ser a primeira repórter ocidental a poder entrar na União Soviética, costumava subir até ao nível onde se encontravam as gárgulas, aproximadamente 244 metros acima do chão, para tirar fotografias da cidade durante o tempo que teve o seu escritório no edifício.

Muito mais longe destes preços ficaram obras de fotógrafos reconhecidos como o americano Paul Strand (1890-1976), o francês Henri Cartier-Bresson (1908-2004) e o húngaro Gyula Halász, mais conhecido por seu pseudónimo Brassaï (1899-1984). Fonte: EPA

Imagem: "Nautilus Shell", de Edward Weston

~ 2 comentários: ~

Margarida Fernandes says:
at: 15 abril, 2010 22:41 disse...

Será que alguma fotografia nossa atingirá tal valor monetário?!?!?
Lol!!!!

Convido-o para passar no meu blog e ver um post sobre a publicação do livro de um amigo meu.

Um abraço

Hellag says:
at: 16 abril, 2010 14:32 disse...

será que um dia vou ver uma notícia assim sua? era bom, não era? :)

~ Enviar um comentário ~

+

Disto e Daquilo + popular do mês

Estes e Aqueles

Destes e Daqueles

Caixa de Arquivo

Siga por e-mail

Estes Que Gostam Disto

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.